11 Jul. 2019, 14h00

Sindicatos têm casa nova

 

A nova sede conjunta do Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (Sifaeg), do Sindicato da Indústria de Fabricação de Açúcar (Sifaçúcar) e do Sindicato das Indústrias de Bionergia do Estado de Goiás (Sindbio) foi inaugurada nesta quarta-feira (10/07). O novo endereço é na Rua 200, no setor Leste Vila Nova, em frente à Casa da Indústria, no primeiro andar do Edifício Pedro Alves de Oliveira, que abriga a maioria dos sindicatos patronais do segmento industrial.

Presidente-executivo do Sifaeg/Sifaçucar e vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), André Rocha, destacou que a mudança de endereço traz sinergia para o sindicato. “A nova sede vai agregar valor e prestar um melhor serviço aos nossos associados e colaboradores”, acrescentou.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sifaeg/Sifaçúcar, Marcelo de Freitas Barbosa, ressaltou que a mudança veio numa boa hora, já que os sindicatos estavam há mais de 30 anos no mesmo endereço. “Foi uma grande oportunidade migrar para cá, depois de 35 anos no mesmo lugar. Aqui ficamos mais próximos da Federação e vamos aproveitar para unir as forças”, destacou.

Para o presidente da Fieg, Sandro Mabel, são três sindicatos grandes, com milhares de funcionários, que vão somar para com o time da Federação. “A nova sede dos sindicatos tem estrutura moderna, ampla e vai fazer com que a Fieg fique mais forte. Estou muito feliz em tê-los aqui perto”, enfatizou.

Durante a inauguração da nova sede, o presidente Sandro Mabel surpreendeu os convidados com uma homenagem aos aniversariantes do mês de julho. Os convidados cantaram parabéns para o presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentação do Estado de Goiás (Siaeg), Antônio Benedito dos Santos, e para o presidente do sindicato mais antigo de Goiás, o de Alfaiataria e Confecção de Roupas para Homens, Daniel Viana, que completou 95 anos.

Filho do presidente do pioneiro da indústria, Plínio Viana, gerente do Centro Internacional de Negócios de Goiás (CIN), disse que ficou emocionado ao ver o pai ser homenageado pelo trabalho e exemplo de vida, em quase um século de existência.

Escreva um comentário: