22 Nov. 2019, 13h24

FNS deve receber R$ 2,8 bilhões de investimentos até 2021

Em reunião do Coinfra/Fieg, executivos da Rumo e Brado Logística apresentam planejamento da operação da Ferrovia Norte Sul para os próximos dois anos

O Conselho Temático de Infraestrutura da Fieg (Coinfra) reuniu conselheiros e empresários na tarde desta quinta-feira (21), na Casa da Indústria, para acompanhar as apresentações da Rumo Logística e Brado Logística sobre projeto de cargas e planejamento das obras da Ferrovia Norte Sul até 2021. A reunião contou com a participação dos presidentes Júlio Fontana (Rumo) e Marcelo Saraiva (Brado) e do diretor de Logística da Rumo, Pedro Palma, que abordaram a escalabilidade da operação, os ganhos de eficiência e o desgargalamento do transporte. A expectativa é que as primeiras cargas sejam transportadas no tramo central a partir de julho de 2020.

O planejamento inclui investimentos de R$ 2,8 bilhões na FNS e o transporte de diferentes tipos de carga, principalmente grãos, açúcar, fertilizantes, granéis líquidos, minérios e contêineres. Com prazo de concessão de 30 anos, a operação da Ferrovia Norte Sul vai proporcionar o acesso aos corredores estratégicos de exportação, ligando Goiás aos portos de São Luís e Santos, além de proporcionar conexão com projetos ferroviários futuros, tais como da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), trecho Mara Rosa/GO - Água Boa/MT, e Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), trecho Figueirópolis/TO - Barreiras/BA.

Para o presidente do Coinfra/Fieg, Célio Eustáquio de Moura, a expectativa é positiva quanto à operação da ferrovia. "Esperamos que a operação inclusive seja antecipada, porque vimos essa capacidade na Rumo", afirmou.

Segundo Célio Eustáquio, o setor produtivo projeta uma economia de até 40% no custo de produção com a operação da FNS. "O início da operação traz competitividade para o que é produzido em Goiás, além de gerar uma modicidade tarifária que vai estimular a vinda de empresas interessadas em montar sua produção em Goiás", avalia.

Escreva um comentário: