14 Aug. 2019, 18h13

Campanha Sesi Senai Doe Sangue, Doe Vida chega à Câmara de Goiânia

Mobilização do Sistema Indústria, em parceria com o Hemocentro, já arrecadou 705 bolsas de sangue em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis

A Câmara de Vereadores de Goiânia recebeu, nesta quarta-feira (14), a campanha Sesi Senai Doe Sangue, Doe Vida. Com propositura do vereador Andrey Azeredo, essa é oitava etapa da mobilização encampada pelo Sistema Indústria. No total, já foram arrecadadas 705 bolsas de sangue em ações móveis na Casa da Indústria e nas unidades Sesi Campinas, Sesi Jaiara, Sesi Aparecida, Teatro Sesi, Clube Ferreira Pacheco e Sesi Jundiaí. A campanha tem parceria do Hemocentro e vai percorrer, até o final do ano, as unidades Sesi Senai da capital e do interior de Goiás.

Representando a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) na abertura da campanha no Legislativo municipal, o vice-presidente André Rocha destacou o engajamento dos vereadores na mobilização, que busca salvar vidas em Goiás. "É a Casa do Povo se posicionando sobre a importância de doar sangue e incentivando essa rede de solidariedade junto à população", afirmou na tribuna.

Autor da iniciativa no Legislativo, o vereador Andrey Azeredo parabenizou a Fieg pela campanha e destacou a união entre a sociedade e o poder público na construção de soluções para os desafios enfrentados, como a falta de sangue. Para ele, são ações como essa, envolvendo vários entes, que promovem a conscientização na sociedade. "A Fieg, com mais essa ação, mostra que faz uma gestão diferenciada, que além de gerar emprego e produzir desenvolvimento, multiplica solidariedade", observou.

A sessão plenária na Câmara de Goiânia, que teve tribuna livre, contou com a manifestação de parlamentares, que elogiaram a Campanha Sesi Senai Doe Sangue, Doe Vida e defenderam a manutenção dos recursos para o Sistema S.

"É uma campanha transversal, que alcança toda população do Estado de Goiás. Uma iniciativa exemplar, que traz o selo do Sistema S e conscientiza a população sobre a importância da doação de sangue", disse a vereadora Cristina Lopes.

O vereador Emilson Pereira destacou a importância do Sistema S na qualificação, capacitação e empregabilidade do trabalhador e afirmou que a iniciativa é mais um ponto para que todos se engajem na defesa do setor. "No lugar fazer de cortes, temos de incentivar e divulgar os resultados positivos que o Sistema S traz para a cidade, o Estado e o País", salientou.

Também presente na sessão plenária, o vereador Denício Trindade ressaltou os números já alcançados pela campanha e reforçou que o Sistema Indústria mais uma vez mostra à sociedade sua atuação e seu comprometimento com Goiás.

Dados do Ministério da Saúde apontam que somente 2% da população doa sangue regularmente em Goiás. Em 2018, foram registradas 22.247 coletas em todo o Estado. No dia 25 de abril, o estoque do banco do Hemocentro registrava estado crítico em cinco tipos sanguíneos e contava com apenas três bolsas de AB negativo.

Lançada em março, a Campanha Sesi Senai Doe Sangue, Doe Vida tem o objetivo de acabar com o déficit de sangue em Goiás, problema recorrente na área da saúde. Desde então, a iniciativa ganhou força com a adesão de diversas entidades. Até o final do ano, a meta é arrecadar 2 mil bolsas de sangue nos 22 municípios goianos que possuem unidades de atendimento Sesi e Senai.

Escreva um comentário: